Como plantar e cultivar fisális (phisalis)

Conheça tudo o que precisa para plantar fisális com sucesso.

849

A fisális ou phisalis é uma planta herbácea que no seu estado natural rasteja e pode alcançar entre 1 metro e 2 metros de comprimento. Tem folhas lanceoladas e flores amareladas com um sistema radicular superficial, mas extenso. No cultivo esta planta já não se torna rastejável e raramente ultrapassa a altura de 1,5metros, pelo seu vigor e aspeto faz muito lembrar um tomateiro vulgar.

Nomes comuns usados para designar a planta: Physalis, fisális, alquenquenje, cereja-de-judeu, capota, lanterna chinesa, farol-do-peru, tomatinhos, tomate-de-capuz, capuchinhos e tomate-silvestre.

As plantas fisális nas zonas frias duram apenas um ano, porém em zonas cálidas ou quentes consegue durar até 4 anos. Em muitos casos, em zonas frias, a planta algum tempo após dar os frutos, vai murchar, mas na temporada seguinte volta a rebentar e a reaparecer como uma nova planta.

O solo ideal para cultivo de fisális:

Trata-se de uma planta que cresce bem em solos pobres, mas prefere solos bem drenados ricos em matéria orgânica e textura arenoargilosa com pH óptimo de 5.5-7.0.

Temperatura ideal para o cultivo de fisális:

A temperatura ideal para cultivar fisális seria entre 14-25 ºC. Esta planta consegue suportar temperaturas entre -2ºC e 35ºC. A temperatura ideal do solo para germinação ronda os 25ºC.

Fertilização da plantação de fisális:

Adubação da plantação: A fertilização deve ser feita com composto e estrume de peru ou porco uma vez por ano. Sendo esta uma planta rústica, não necessita muita adubação.
Produz bastante bem em solos pobres e não precisa de adubos azotados, visto que esta adubação levará ao desenvolvimento excessivo da folhagem e à pouca produção de frutos.

Adubo Verde ideal a usar: leguminosas de fruto (faveira, ervilheira e feijoeiro)

Exigências nutritivas desta planta: 1:1:1 (N:P:K)

plantar fisalis

Dicas para o Cultivo de Fisális:

A preparação do solo deve ser feita a nível superficial (10 a 15 cm), não é uma planta com raízes profundas.

A plantação ou sementeira deve ser feita na fase intermédia da Primavera, ideal no mês de Maio, com temperaturas médias de 25ºC. Poderá ser feita a sementeira em estufa no fim do inverno (Março ou Abril) e transplantar no mês de Maio para o exterior.

A fisális é uma planta de exposição ao sol e adapta-se relativamente bem a qualquer tipo de solo, mas prefere solos enriquecidos com matéria orgânica, soltos e permeáveis. Espaçamento: 90 cm entre linhas e 50 cm entre plantas. Pode ser cultivada no campo, hortas e jardins.

Tipo de sementeira: Coloque as sementes, em tabuleiros de sementeira ou pequenos vasos (alta taxa de germinação 80-95%). O tempo de Germinação: 15-20 dias. As sementes devem ser colocadas a uma profundidade entre 1cm e 2 cm no máximo. A semente de physalis é muito pequena no entanto tem uma taxa de germinação superior a 95%.

Poderá adquirir sementes ou a planta já formada. A sementeira surge como uma boa opção uma vez que é fácil de executar. Tenha o cuidado de manter sempre o substrato húmido mas não encharcado.

A transplantação deve ser feita quando a planta tiver 15-20cm de altura ou 8-10 folhas.

Consociações possíveis para as plantas fisális: evitar as Solanáceas (tomate, batata, pimento, beringela, etc.) e as leguminosas.

Plantas que se dão bem com a fisális: Espargos, alfaces, cenouras, basilico, alho, salsa e cebola.

Pragas que afetam as plantas fisális: Pulgões, nemátodos  e mosca branca.

Doenças que afetam as plantas fisális: Botyritis, e algumas viroses (mosaico e murchidão).

Acidentes relacionados com plantas fisális: Planta bastante sensível a ventos fortes, excesso de humidade e geadas.

cultivo physalis

Colheita da produção e armazenamento de fisális:

Quando é feita a colheita: Geralmente a produção pode ser colhida entre o fim do verão até Novembro quando chega o frio. O fruto só deve ser colhido quando o “envólucro” seca e o fruto muda de cor para um tom amarelado/alaranjado. Cada planta produz em média entre 2 e 4 Kg por cada temporada.

Condições de armazenamento dos frutos de fisális: A produção deve ser armazenada num local com temperatura estável, entre os 5 e os 13ºC com um grau de humidade entre 85 e 90%. Os frutos armazenados nestas condições podem durar entre 2 e 4 semanas.

Valor nutricional do fisális: Trata-se de uma fonte de vitamina A e C e vitamina PP, carotenoides, ferro e fósforo.

Utilidade dos frutos da planta fisális: Os frutos podem ser consumidos ao natural, em pratos de peixe e crustáceos, compotas, doces, licores, geleias, gelados, bombons, saladas de fruta ou em molhos para saladas e carnes.

Há pessoas que se interessam por produzir este fruto porque se trata de uma boa opção para projetos de agricultura. O projeto phisalis pode ser muito rentável e propício.

Nota importante: É uma planta que se desenvolve em terrenos pobres e tem algum interesse ornamental. Os frutos verdes e as folhas são tóxicas.

você pode gostar também