Como plantar acelga – cultivo de acelgas

Como cultivar acelgas numa horta caseira!

565

O cultivo de acelgas exige um grau elevado de  atenção ao solo , este deve ser profundo e rico em matéria orgânica e em nitrogénio, também precisa ter uma boa capacidade de drenagem para não ficar saturado de água e arruinar a cultura. No que respeita ao pH a acelga gosta de solos com pH entre 5,5 e 8, mas não tolera nada bem os solos muito ácidos, sendo por isso importante ter em conta o PH do solo antes do cultivo.

A acelga é na realidade uma planta da mesma espécie da beterraba, porém foram selecionadas para a colheita das folhas e assim não produzem uma raiz alargada como a beterraba. As folhas das acelgas podem ser de várias cores, com pecíolos (talos das folhas) brancos, verdes, amarelos, laranjas ou vermelhos. Os pecíolos podem ser ou não alargados (Grupo de cultivares Flavescens e grupo de cultivares Cicla respectivamente). As suas folhas podem ser consumidas cruas, refogadas ou cozidas.

A época mais apropriada para plantar acelga é na Primavera ou no Outono. Já que a acelga é uma planta de clima ameno, cresce melhor em temperaturas entre 16°C e 20°C embora também possa ser cultivada em climas mais frios pois é uma planta com boa capacidade de resistir a baixas temperaturas e a geadas leves.
Um ponto importante a ter em conta é que a acelga gosta de boa exposição solar embora também tolere sombra parcial ela cresce melhor se cultivada em local com sol. A acelga necessita de boa luminosidade para crescer bem e com vigor, ela precisa de pelo menos algumas horas de luz solar direta diariamente. Por outro lado nas regiões muito quentes pode ser cultivada com sombra parcial nas horas mais quentes do dia.

A sementeira de acelgas poderá ser feita logo no solo do local definitivo ou ser feita em bandejas e transplantada posteriormente para o local definitivo.

A partir das sementes guardadas para acelerar o processo de germinação é recomendado deixar as sementes num recipiente com água por 24 horas para hidratarem.

Ao fazer a sementeira em local definitivo deve-se colocar as sementes a cerca de 2,5 cm de profundidade.
Convém que coloque 2 a 3 sementes por cova e distanciadas cerca de 30 a 35 centímetros. A distância ideal entre linhas ou sulcos situa-se entre os 30 e os 45 cm.
Recomenda-se que assim que as plantas alcancem entre 10 a 15 cm de altura, faça o desbaste, deixando apenas uma planta por cada cova, escolha a que estiver com maior vigor. Dessa forma vai obter acelgas de maior qualidade e dimensão.

Caso opte por fazer a sementeira em bandeja, a transplantação das mudas deverá ser feito quando estas atingirem aproximadamente 5 cm de altura. A acelga é uma planta que também pode ser cultivada em vasos,
porém, uma vez que ela gosta de solos profundos, os vasos para esse efeito devem ter pelo menos uma capacidade de 25 litros e conter apenas uma planta em cada vaso.

cultivo de acelgas

Cuidados a ter após plantar acelgas:

Retire as plantas invasoras que estiverem concorrendo por recursos e nutrientes. Procure manter o solo sempre bem húmido mas sem deixar encharcar, a acelga é uma planta que necessita de muita humidade, especialmente quando é jovem. O ideal em épocas quentes é fazer duas regas por dia. Se a planta sofrer de falta de água no verão, isso vai originar a que as folhas fiquem amargas.

Se perceber que a planta não se está desenvolver de forma satisfatória, proceda a uma adubação extra para suprir mais nutrientes para a planta.

Deverá cortar qualquer folha que comece aficar a amarela ou tiver qualquer problema. Isso vai impedir que passe para outras folhas. Isto pode acontecer devido à falta de nutrientes, ou a presença de pulgões, que enfraquecem a planta.

A humidade constante pode também originar podridão nos caules e folhas, bem como ataques de ferrugem e outros fungos. Além disso poderá também atrair lesmas e caracóis que assim que detectados no cultivo devem ser removidos para não danificarem as plantas.

Para agravar mais a situação temos para além das lesmas e dos caracóis, muitos casos em que as acelgas também são vítimas do minador e da aranha vermelha.

Consociação  das acelgas com outras plantações:

A acelga é uma planta que cresce em armonia com quase todos os vegetais mas os mais favoráveis à consociação são o feijão rasteiro, cenoura, nabos, rabanetes e cebola.

Colheita das acelgas:

Quem fizer a sementeira de acelgas nas épocas mais apropriadas poderá iniciar a colheita das folhas da acelga entre 60 e 85 dias após o plantio. Por norma colheos inicialmente apenas as folhas externas que estão bem desenvolvidas, embora as folhas jovens também possam ser colhidas para uso em saladas. Dependendo das condições de cultivo, a colheita pode continuar por alguns meses.

A colheita das folhas é feita apenas no primeiro ano desde o plantio, pois no segundo ano da cultura, a planta entra no ciclo reprodutivo, produzindo a inflorescência e desenvolvendo folhas duras e amargas. A colheita parcial das folhas exteriores estimula o crescimento das plantas porque ajuda a que as folhas novas ganhem mais vigor.

Curiosidade sobre a acelga:

A acelga pode ser encontrada em modo selvagem nas margens de hortas abandonadas e nas valas das estradas e caminhos, onde é por vezes aproveitada por todo o tipo de pessoas.

As acelgas podem ser consumidas como salada ou cozidas. Para o preparo de saladas cruas, devem ser aproveitadas as folhas mais jovens e tenras, pois as folhas mais velhas apresentam um certo amargor. Os talos coloridos são muito apreciados, e acrescentam sabor e cor a diversos pratos. O que se consome é a folha e o nervo central, ricos em cálcio, ferro, fósforo, hidratos de carbono, potássio, proteínas, sódio, niacina, vitaminas A, B1, B2, B5 e C.

A acelga é uma planta bianual, pelo que poderá fazer duas plantações de acelgas por ano.

você pode gostar também