Como plantar Manga Mangueira

61

Plantar Manga ou melhor Mangueira na sua horta ou quintal é mais simples do que pode parecer.

A árvore da fruta manga, chama-se mangueira e tem o nome cientifico “Mangifera indica”. Trata-se de uma árvore de fruto que pertence à família Anacardiaceae e ao género Mangífera.

A Magueira é uma árvore de fruto vigorosa nativa das florestas do Sul e Sudeste da Ásia, sendo ela considerada a maior frutífera do mundo, visto que pode alcançar dimensões superiores a 30 metros de altura. Contudo não precisa de se assustar, porque se for devidamente podada e controlada pode ficar restrita ao tamanho de qualquer outra árvore de fruto vulgar de porte médio.

A mangueira possui folhas perenes, geralmente medem de 10 a 35 centímetros de comprimento. As flores são muito pequenas sendo dispostas em inflorescências.
O fruto da mangueira, a manga, apresenta forma ovoide, ficando suspenso na árvore durante o desenvolvimento num longo pedúnculo.

Pelas suas características tipicas, algumas mangueiras plantadas no quintal ou locais bem trabalhados, possuem condições de produzir quantidades e qualidade a nível comercial.

A manga é conhecida como a rainha das frutas tropicais, ela possui um excelente potencial de vendas, caso opte por esse tipo de produção, graças ao seu aspecto atrativo, com diferentes formas, cores, aromas e sabores, que são resultado de cruzamentos de cultivares que ocorrem espontaneamente no campo e que acabam por gerar novas variedades interessantes.

 

Condições mais favoráveis ao cultivo de mangueira

Sendo a mangueira uma árvore tropical, ela gosta mais de climas quentes, de preferência com estações bem definidas para se desenvolver bem e frutificar de forma produtiva. Apesar de gostar de calor, a mangueira não se adapta bem a temperaturas muito elevadas (acima dos 36ºC) mas também não gosta de temperaturas frias (abaixo dos 10º). Nessas extremos de temperatura a árvore não se adapta bem, prejudicando o seu crescimento e desenvolvimento, além do défice na produção da manga.

As temperaturas ideais para o cultivo de mangueira situam-se entre os 20 e os 29ºC. Apesar de que há cultivares que se desenvolvem em climas frios, desde que sejam tomados alguns cuidados.

Tipo de solo ideal para plantar manga.

A mangueira adapta-se bem a diversos tipos de solos, desde que estes tenham boa drenagem, mas prefere solos profundos, areno argilosos com fertilidade média e pH situado entre 5,5 e 7,5.

Deve evitar plantar a mangueira em solos que se encharquem, visto que é muito comum o apodrecimento das raízes e consequente morte da planta quando esta é colocada em solos mal drenados que tenham tendência a encharcar.

Como plantar Manga ou Mangueira:

Plantação da mangueira:

Antes de plantar a mangueira, se quiser uma produção boa, convém que verifique se as condições do solo são as ideais, visto que é no solo que a planta se vai abastecer para se alimentar. Deve verificar se é necessária a correção do solo antes de plantar. A cova deve ser aberta sempre com dimensões mínimas de 50cmx50cmx50cm.

É também importante aportar nutrientes à terra, por isso a terra de plantio deverá ser misturada com algum estrume de curral bem curtido, para ajudar a planta na sua fase inicial de crescimento. Se optar por usar adubação química, procure incorporar um adubo com baixo teor de azoto (N), alto teor em fosforo (P),  potássio (K) e rico em micronutrientes.

Comece por pôr metade da mistura da terra com estrume no fundo da cova, ajuste o torrão da planta de mangueira no centro e aconchegue cuidadosamente com o restante solo, tendo o cuidado de não ultrapassar a base do colo da árvore para evitar que a mangueira venha a apodrecer nesse ponto.

De preferência crie uma caldeira à volta da pequena árvore e regue generosamente para ajudar a que a terra se aconchegue junto das raízes.

Irrigação da plantação de mangueira:

Apesar de ser uma árvore que não gosta de solos encharcados, é importante fazer regas para ajudar no seu desenvolvimento. Enquanto a mangueira seja jovem, procure regar regularmente, depois de adulta regue-a sempre que ela apresentar sinais de seca.

Na altura em que os frutos se estão a desenvolver é recomendado regas regulares, por forma a permitir um bom desenvolvimento das mangas e prevenir a queda dos frutos. Durante época de floração deve evitar molhar a folhagem da mangueira, caso ela necessite de rega, dirija a água diretamente ao solo para molhar apenas onde a água é necessária.

Adubação da plantação de mangueira

Procure fertilizar a mangueira apenas com fertilizantes equilibrados em macro e micronutrientes. As quantidades de adubo devem ser gradualmente aumentadas em função do tamanho da árvore. Caso recorra a um adubo químico, opte por aqueles que possuem um teor de potássio (K) que seja cerca do dobro do teor de azoto (N).

Poda da mangueira

Tal como acontece noutras árvores o objetivo da poda da mangueira é permitir uma distribuição equilibrada dos ramos e manter o crescimento vegetativo ideal.

Ao podar devemos tratar de abrir a disposição dos ramos de modo a permitir a entrada dos raios solares para o interior e proporcionar uma boa aragem entre os ramos.

Na poda procure eliminar aqueles ramos que se encontram muito tumultuados, assim como os que se encontram no centro da copa, de forma a permitir a entrada do sol na parte interior da mangueira. Tenha em atenção que a poda deve ser sempre feita antes do florescimento da planta, nunca depois de florescer.

Se quiser fazer o trabalho de forma mais completa e perfeita, após a poda dos ramos, deve pincelar a zona de corte com uma pasta à base de cobre ou até mesmo com tinta látex.

Época da floração da mangueira

Depois de abrirem as flores a mangueira precisa de sol, a chuva no período de florescimento é extremamente limitante, dificulta a polinização da flor e favorece o aparecimento de doenças fúngicas sobre as panículas florais.

Convém que faça o trabalho de prevenção de doenças pulverizando a mangueira antes da abertura da flor com calda bordalesa, estas doenças costumam atuar sobre os ramos florais e prejudicar o desenvolvimento dos frutos.

como plantar manga

Colheita dos frutos da mangueira

O amadurecimento das mangas é muitas vezes condicionado pelo clima, quando mais quente é o clima mais rápido é o processo de maturação. Regra geral o tempo de desenvolvimento do fruto varia entre 120 a 150 dias, desde que ocorre a floração até à colheita das mangas.

Normalmente as mangas apresentam-se maduras quando ficam com a coloração rosada ou amarelada, dependendo da variedade. Os frutos da mangueira podem ser colhidos ainda verdes e colocados a amadurecer em local protegido da chuva e do sol com temperaturas a rondar os 18 e os 20º C.

Mas é preferível sempre que possível fazer a colheita das mangas já maduras porque possuem um teor mais doce. Normalmente, se for colhida muito verde, a manga não fica saborosa e tem gosto azedo.

Por outro lado, caso sejam colhidas muito maduras, as mangas machucam-se facilmente e ficam mais efémeras, tendo menos tempo de duração para o consumo antes de apodrecer.

Desfolha da mangueira

Há pessoas que a fazem e outras que preferem não a fazer, mas importa referir que a técnica da desfolha é feita para aliviar a sombra nos frutos da mangueira, ao remover algumas folhas ajudamos no contato do sol com as mangas.

Quem defende esta técnica, aponta que ela melhora a qualidade e a coloração dos frutos, contudo ela deve ser realizada com muito equilíbrio, principalmente na zona da copa mais sujeita ao sol, sob o risco de causar a queima dos frutos.

Nas zonas de muito sol, aquelas mais quentes onde as mangas ficam mais sujeitas a se queimarem pelo sol forte, os produtores costumam usar a técnica de pulverizar a fruta com cal dissolvida em água, que serve como protetor solar para as mangas.

Limpeza do solo da plantação

É importante que procure manter as ervas daninhas afastadas do tronco da mangueira, devemos criar um circulo limpo de ervas com pelos menos um metro de raio. O objetivo disso é evitar que as ervas invasoras compitam com a mangueira pelos nutrientes, assim como ajuda a afastar algumas pragas que poderiam se hospedar no meio das plantas invasoras e atacar depois a árvore.

Principais doenças ou pragas que afetam a mangueira

Tal como outras plantas, também a mangueira está sujeita a pragas e doenças. Nomeadamente as doenças mais comuns da mangueira são a antracnose, oídio, fusariam, seca da mangueira (Ceratocystis fimbriata) e mancha angular bacteriana.

No que respeita a pragas da mangueira a mosca da fruta é a principal, ela deposita os ovos no fruto, posteriormente desenvolvem-se larvas que provocam a destruição dos frutos.

Podem ser minimizados os estragos com algumas medidas naturais, como por exemplo as armadilhas para capturar a mosca da fruta.

Recomendamos que leia também:

Como plantar e cultivar abacate

Como plantar morangueiros – cultivar morangos

Como plantar e cultivar batata-doce

 

Plantar e Cultivar da manga em vaso

É um fato que a mangueira também pode ser plantada e cultivada em vaso, mas este  deve ter pelo menos a capacidade de 50 litros de terra, conter boa drenagem e receber uma adubação equilibrada.

Para plantar manga em vasos siga as seguintes recomendações:

  • Trate de colocar material drenante no fundo do vaso de modo a facilitar o escoamento da água, coloque uma camada de um bom composto orgânico e posicione a mangueira no centro.
  • Depois aconchegue a planta com o resto do composto até à base do caule, pressione com as mãos e regue generosamente.
  • Proteja a planta com uma camada de mulching, sem o chegar demasiadamente ao tronco.
  • A atenção com a rega deve ser redobrada, regue a planta regularmente nas fases de maior calor e reduza no Inverno.
  • Mantenha o vaso em local ensolarado, com pelo menos 6 horas de sol diárias.
  • Forneça, um adubo equilibrado com macro e micronutrientes. Faça-o regularmente, em média uma vez por mês, durante a fase de calor.
  • Pode a mangueira no fim do Inverno, antes de se iniciar a floração, de modo a manter o tamanho da pequena árvore proporcional ao vaso.

Multiplicação da mangueira

Quando queremos multiplicar a nossa plantação de mangueiras, temos duas opções, fazer por semente ou por enxertia, sendo de salientar que a segunda opção é a mais viável, visto que a enxertia garante as qualidades da planta mãe e por norma ao segundo ano ela já produz frutos.

Para obter uma planta de mangueira a partir da semente de uma manga é necessário bastante tempo, já que é  um processo algo moroso, em média uma mangueira produzida nesse método leva pelo menos 7 anos a começar a produzir, além de que os frutos podem ter características diferentes da planta mãe.

Caso opte por este processo, apenas tem que retirar a polpa da manga lavar a semente e colocar a secar à sombra por um ou dois dias. Utilizando um objeto rígido retiramos a amêndoa que se encontra no interior.

Depois colocamos a germinar em areia humedecida ou em algodão molhado. Assim que ocorra a germinação transferimos para um vaso com uma mistura de terra vegetal e estrume de curral bem curtido para que a planta se desenvolva bem.

Procedendo com os cuidados necessários, como a rega e a adubação adequadas, a mangueira é uma planta de cultivo fácil, e de crescimento rápido . Apesar de, como já referimos anteriormente a mangueira ser  uma árvore vigorosa e grande, podendo ultrapassar facilmente os 20 metros de altura, em plantios comerciais é recomendado que se pode para manter as árvores com 3 a 4 metros a altura no máximo. Isso facilitará a colheita dos frutos e diminui as exigências de recursos e de espaço.

variedades de manga

Diferentes cultivares de Manga

Em todo o mundo existem pelo menos 1.600 variedades de manga, que diferem entre si no tamanho, formato, cor e consistência da polpa dos frutos. As variedades mais cultivadas no nosso país são:

  • Tommy Atkins: O fruto é médio a grande, com aproximadamente 400 a 700 gr, casca espessa e resistente, de cor amarela a vermelho purpura. A semente é pequena e monoembriônica. A polpa é de excelente sabor, firme, suculenta e pouca fibra. Bastante vigorosa com produção regular, precoce a meia estação, relativamente resistente à antracnose.
  • Keitt: Os frutos são grandes 700 a 900 gr, cor verde amarelado corado de vermelho rosáceo. Polpa amarelo intenso, livre de fibras. Semente pequena e poliembriônica. É relativamente resistente ao míldio e à antracnose. Árvore muito produtiva, relativamente resistente à antracnose e maturação tardia.
  • Kent: Os frutos são grandes 600 a 750 gr, ovalados, a casca é verde clara amarelada, tornando-se avermelhada, quando madura, e de maturação tardia; polpa amarelo-alaranjada, doce, sem fibra, aromática e sucosa. Semente pequena e monoembriônica. Árvore vigorosa e produtiva
  • Haden: Frutos médios 400 a 600 gr, cor amarela rosada. Polpa doce amarelo alaranjado livre de fibras. A semente é pequena e monoembriônica. Planta muito vegetativa, sensível à antracnose e à seca da mangueira (Ceratocystis fimbriata). Produção precoce a meia estação.
  • Van Dyke: Os frutos são médios 300 a 400 gr, a casca é amarela com manchas vermelhas. Polpa muito doce e firme e semente pequena. Árvore muito produtiva, maturação de meia estação
  • Surpresa: Frutos médios a grandes 400 a 600 gr de cor amarelo intenso. Polpa amarela muito doce e sem fibras. Muito produtiva relativamente resistente à antracnose. Maturação de meia estação a tardia.

Se já tem uma árvore  mangueira e ela produz poucas mangas, deve verificar se está a fertilizar bem o solo, deve aportar mais potássio e também confirmar que esteja a fazer irrigação suficiente na época da frutificação.

você pode gostar também